Servidores da Santa Casa de Misericórdia do Pará protestam contra a privatização
Servidores da Santa Casa de Misericórdia do Pará protestam contra a privatização

santacasa1.jpg (780×438)

Neste momento os servidores do laboratório Jayme Aben-Athar, da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, estão em protesto na entrada do hospital, no cruzamento entre a avenida Generlíssimo Deodoro e a rua Bernal do Couto. Todos vestidos de preto, em sinal de luto, eles protestam contra a terceirização do laboratório de análises clínicas do Hospital, que já tem pregão eletrônico marcado para próximo dia 26, às 9h30 (horário de Brasília). A manifestação dos servidores na manhã deta sexta-feira, 14, foi anunciada ontem, e ocorre pela indignação dos servidores com a privatização de um serviço de excelência.

Esse é o segundo setor a ser terceirizado na Santa Casa, que já privatizou a cozinha. “O que querem fazer com a Santa Casa é um absurdo, especialmente em se tratando do nosso laboratório, que atua há mais de 50 anos e tem um parque de equipamentos de ponta, atendendo com muita eficiência as necessidades do serviço”, explica o servidor Benedito Silva Filho, que é delegado sindical do Sindicato dos Servidores Públicos Civis do Pará e Municípios (Sepub).

O laboratório Jayme Aben-Athar realiza, em média, 24 mil exames por mês, entre eles exames de alta complexidade. “O atual diretor, Bruno Carmona, tenta justificar a terceirização com o fato de que exames que não são feitos em Belém, temos que mandar para laboratórios de outros estados. Isso não é terceirização, nós atendemos a maioria dos exames de alta complexidade, e pouquíssimos são enviados para fora de Belém”, afirma.

Logo mais o Portal Roma News trará mais informações a respeito da manifestação que acontece na entrada da Santa Casa pelo servidores do órgão.

santacasa2.jpg (1280×720)

FONTE: ROMA NEWS

Deixe um comentário

Translate »
WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de ajuda ao usuário está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
Olá, como posso ajudar?