Faculdade oferece programa de reabilitação para pacientes agudos da covid-19
Faculdade oferece programa de reabilitação para pacientes agudos da covid-19

whatsapp-image-2020-07-28-at-182027.jpeg (780×438)

Os desafios de quem se recupera da covid-19 não terminam com a alta hospitalar. As consequências da doença envolvem a fraqueza muscular periférica e respiratória, cansaço, perda da independência e capacidade funcional para desenvolver atividades simples do cotidiano. 

Em Belém, a faculdade Esamaz oferece, por meio do curso de fisioterapia, um programa de reabilitação funcional para pacientes que desenvolveram sequelas após a fase aguda da Covid-19, baseado nas principais evidências científicas disponíveis.

Podem participar do programa pessoas de qualquer idade, que estejam no período 30 dias após o término da fase aguda da doença. Os pacientes serão acompanhados por acadêmicos concluintes e fisioterapeutas formados. O preceptor de estágio em fisioterapia hospitalar e responsável técnico do programa, Andrey Machado, explica que todos os estudantes são previamente capacitados para a abordagem do paciente pós covid-19.

“Nesse sentido, além de fornecermos o serviço à população, estaremos entregando para a sociedade profissionais atualizados e capacitados para o cenário em que vivemos, onde muitas pessoas desenvolverão essas sequelas e necessitarão de um acompanhamento especializado”, explica.

O programa associa a reabilitação física e pulmonar para o recondicionamento cardiorrespiratório. O tratamento oferece terapias de higiene brônquica, reexpansão pulmonar, treinamento muscular respiratório, treino físico de fortalecimento muscular e resistência.

Sem cobrança de taxas ou mensalidades, o programa é totalmente gratuito e tem duração de 6 semanas A terapia inicia após a avaliação, que é agendada. “A frequência depende do grau de comprometimento funcional do paciente e pode variar entre 2 a 3 vezes por semana”, explica o professor.

Estão sendo ofertadas 88 vagas e para participar é preciso entrar em contato pelos telefones: (91) 985645425 e (91) 992821781.

Fonte : Roma News

Adicione seu comentário